Jesus e a violência dos cristãos

Le-Visage-du-Christ-1-977x1030

Não é de política que vou falar, por enquanto. Vou falar de humanismo, de cristianismo, de fraternidade. Estamos mergulhados numa onda de ódio, de radicalismo fascista, de rejeição ao bom senso. E a quem podemos recorrer para inspirar nossas ações, nossas palavras, nossos pensamentos? Se nos pretendemos cristãos, sejamos católicos, evangélicos ou espíritas, ou simplesmente simpatizantes de Cristo, é justamente a ele que devemos apelar: para os seus ensinos, para o seu exemplo, para o seu legado. Jesus puro e simples e não aos cristãos, que dizem segui-lo. Cristãos já fizeram as Cruzadas, já incendiaram gente na Inquisição, participaram e participam de grupos racistas e violentos, como a Ku-klux-klan, apoiaram o nazismo e perseguiram judeus e muçulmanos, séculos afora… Mas será que, ao fazerem tudo isso, chegaram alguma vez perto de seu Mestre, foram semeadores do seu Reino nesse mundo? Ou a cada gesto de violência e intolerância, guerra e morticínio, retardaram a vinda do Reino e espalharam as sombras do fanatismo e da ignorância? Continuar lendo

Anúncios
Publicado em Cristianismo, Espiritismo e Sociedade | Marcado com , , , , , , | 6 Comentários

Quem foi Jesus? – um livro que nos fala dessa história

12510

Nos idos de 2011, quando do lançamento dos três livros de André Andrade Pereira pela Editora Comenius e do meu Pestalozzi e a escola num castelo, estava presente um jovem do Rio de Janeiro, com quem pude conversar e me impressionar com sua inteligência e sensibilidade. Depois interagimos cá e acolá, algumas ideias trocadas, uma amizade virtual e agora deparo-me com a obra que me enviou e que eu já estava curiosíssima para ler. O livro é Quem foi Jesus – uma análise histórica e ecumênica (Editora Lachâtre) e o autor, André Marinho. Continuar lendo

Publicado em Cristianismo | Marcado com , , , , , , , | 4 Comentários

Padres, gurus, médiuns, acusados de abuso. Como o espiritismo se posiciona?

Broken Chains

Na mesma semana em que saiu uma reportagem em O Globo sobre a investigação de 300 padres nos EUA, que teriam abusado de mil vítimas; aqui no Brasil, foi publicada a notícia, pela G1 sobre “médium presidente de sociedade espírita que vira réu por estelionato e violação sexual”. Ante o choque de muitos espíritas, que nos procuraram para comentar o fato, não poderíamos deixar de tecer uma análise a respeito, em que pese a nossa repugnância em tocar em assunto tão indigesto. Continuar lendo

Publicado em ética, Espiritismo e Sociedade, Movimento Espírita | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

Por que a ABPE criou a Universidade Livre Pampédia? E como vamos continuar?

IMG_0707

É preciso criar uma nova cultura acadêmica, com mais liberdade, com mais abertura para a espiritualidade, com mais diversidade de vozes, mas com não menos rigor e não menos qualidade de produção.

Hoje, as universidades – que aliás no Brasil estão em pleno processo de sucateamento – se regem por um produtivismo quase fordista, que exige artigos, publicações em revistas indexadas, com uma periodicidade que não condiz com a pesquisa profunda, com a reflexão madura, com a originalidade criativa. Essas coisas não se medem em revistas indexadas, sobretudo se estas são regidas por interesses corporativos, por ideologias fechadas, por grupos que dominam o mercado acadêmico. Continuar lendo

Publicado em Espiritismo e Sociedade, Filosofia Espírita, Movimento Espírita, Pedagogia Espírita | Marcado com , , | 5 Comentários

Quem era Maria Madalena? O feminino e o masculino em cada um de nós.

xCena-do-filme-Maria-Madalena.jpg.pagespeed.ic.JuysBo6oZlSe somos espíritos que podemos reencarnar ora como homem, ora como mulher, é claro que possuímos as duas polaridades dentro de nós. É o Ying e o Yang, o ativo e o passivo, a razão e a intuição, a virilidade e a feminilidade. E a meta de nossa ascensão é chegarmos à integração das duas polaridades: o espírito elevado realiza em si a força e a delicadeza, a racionalidade e a sensibilidade, a paternidade e a maternidade, a ação enérgica e o cuidado amoroso. Continuar lendo

Publicado em Cristianismo | Marcado com , , , , , , , , , | 2 Comentários

Espíritas progressistas – isso existe?

Depositphotos_6171986_original.jpg

Tempos atrás em nosso site da Associação Brasileira de Pedagogia Espírita, num desses debates acalorados que provocamos no movimento espírita, lançamos um abaixo assinado, pontuando algumas questões relativas a certas declarações de Divaldo Franco. Os que assinamos esse documento nos autodeclaramos espíritas progressistas. Continuar lendo

Publicado em Espiritismo e Sociedade, Filosofia Espírita, Movimento Espírita | Marcado com , , , , , , , | 12 Comentários

Qual o problema da militância dos espíritas contra a descriminalização do aborto?

teste-de-gravidezEm primeiro lugar, devo declarar para abertura desse artigo que considero o aborto algo muito negativo, traumático, para a própria mulher, para o ser que está em seu ventre e para a sociedade. Ninguém aborta por esporte e conheço várias mulheres que abortaram por convicção e nem por isso tratou-se de um fato corriqueiro, sendo um ato que deixa sempre uma ferida psíquica. Do ponto de vista espírita, sabemos que há ali um ser reencarnante, que sente a expulsão à força daquele local aconchegante e supostamente protegido, que deveria ser o ventre de uma mãe. Continuar lendo

Publicado em Espiritismo e Sociedade, Movimento Espírita | Marcado com , , , , , , | 29 Comentários