Contatos

 Contatos: 

Telefones: (11) 3403 3040 
E-mail:     abpe@pedagogiaespirita.org.br / pampedia@pampedia.com.br

 

Anúncios

8 respostas para Contatos

  1. Carmen Maria Corrêa disse:

    ERA O QUE ESTÁVAMOS PRECISANDO PARA SOMAR!!

    Curtir

  2. Elizabeth Steinberger disse:

    Prezada Dora
    Adorei ver este artigo por aqui .
    Utilizo muito seus livros nas palestras ,são extremamente didáticos .
    Gostaria de receber seus artigos ,
    Obrigada
    Bethsteinberger@yahoo.com.br

    Curtir

  3. Edson Soligo Ribeiro disse:

    Parabéns pelo texto, pelo oportunismo e pela coragem. Há muito o movimento espírita está na contra mão do Codificação Espírita.

    Curtir

  4. Carlos Alberto Pereira disse:

    Enfim, encontrei no espiritismo alguém que tem pensamentos mais progressistas, coerentes com a doutrina e em sintonia com a realidade e o mundo em que vivemos. Mas, que acima de tudo, tem posições críticas que ajudam a coibir a idolatria , contribui para o esclarecimento e conhecimento.
    Gostaria de estar mais próximo deste grupo , como faço?

    Curtido por 1 pessoa

  5. Angelo disse:

    Boa tarde. Tentei postar comentário no texto sobre progressismo no espiritismo. Acho que houve algum problema. Bem, mas minha intenção é de solicitar auxílio na publicação de uma carta aberta ao Sr. Divaldo e “baluartes” da Doutrina. Podem auxiliar com algum endereço eletrônico ou através de rede social? Conforme dito em comentário ao texto, ainda que Chico não tenha defendido a ditadura e respondido sutilmente, beira mais à omissão que opinião. E esta tem sido minha queixa à FEB. Omissão!! Desde a ruptura do devido processo legal e outros absurdos cometidos, se mantém omissa, delegando seu posicionamento à mensagens psicografadas. Mas, não tem auxiliado. E o momento requer atitude cristã. Agradeço qualquer auxílio. Obrigado.

    Curtir

  6. Angelo disse:

    Será que conseguiríamos atingir um maior número de pessoas através deste blog?

    Boa tarde. Caro(a) amigo(a) espírita, um pequeno grupo do qual faço parte, se reuniu e resolver enviar a carta abaixo ao Sr. Divaldo Franco. Caso concorde com a argumentação, favor entrar no link abaixo e endereçá-la. Quanto mais cartas, melhor. O momento necessita de todos nós.
    http://www.mansaodocaminho.com.br/contatos/
    Carta aberta ao Sr. Divaldo Franco

    Prezado Senhor
    Divaldo Pereira Franco

    Vimos respeitosamente, através desta missiva, suplicar que, através do Senhor e de outras nobres figuras divulgadoras da Doutrina Espírita, seja adotada uma postura de esclarecimento sobre a iminente e perigosa possibilidade de retorno à nação de ideais já, historicamente, tão perversos para com toda humanidade. Ideais de exclusão e extermínio pelo ódio.
    Sabemos que na Doutrina não se consagra hierarquias nem dogmas, mas inegável é a força moral e espiritual que possuem. Força aliás, que vem sendo utilizada na internet, em grupos de comunicação e redes sociais, com vídeos e palestras editadas, seccionando falas e conduzindo muitos ao pensamento da destruição e extermínio do outro, por ser, simplesmente, diferente por cor, credo, sexo e escolhas diversas.
    Desta forma, suplicamos que se posicionem. Momentos perigosos se aproximam, mas devemos e podemos evitar. Reflitam sobre o outrora, onde espíritas iniciantes e reais batalhadores por esta Doutrina necessitavam se esconder, eram presos e, por diversas vezes, humilhados, ironizados e escrachados em praça pública. Sangue e suor derramados para que hoje tivéssemos esta tranquila opção por seguir: a Doutrina da Ciência, Filosofia e Religião, na qual nos orientamos pela Fé raciocinada. Sangue e suor de muitos pela busca da liberdade de se expressar, como fazemos neste apelo.
    Será que neste momento devemos ainda permitir que outros interesses pessoais se sobreponham ao de muitos que já vêm sendo hostilizados, assassinados, ameaçados, agredidos, antes mesmo da ascensão deste pensamento do ódio e exclusão pelo extermínio? Será que o sangue que já vem sendo derradamado e lágrimas de pais e mães que já sofrem o medo e o terror de ter filhos e parentes assassinados não nos caberá responsabilidade na co-autoria? Será que o suicídio coletivo de muitos grupos de minorias diversas, que já vem sendo proposto nas redes, não nos trará, na visão espiritualista, miasmas na alma?
    Até quando esperar? Até quando se omitir?
    As mensagens, mesmo as do Alto, em tempos de ódio, são deturpadas de acordo com interesses pessoais.
    A palavra, associada à imagem, gera uma reflexão.
    Não sejamos coniventes com o que vem acontecendo e com o que está por acontecer.
    Não sejamos mais um dos que, em tempos de balbúrdia e caos emocional, se portam como os isentos, neutros, falsos profetas e lavam as mãos.
    Assim, encarecidamente, suplicamos que uma postura direta contra o mal real seja adotada. Ou seremos nós as próximas vítimas de um fundamentalismo religioso que se declara único e capaz de transformar pela fé comercializada.
    Aguardamos com fé, com raciocínio, com esperança. No amor de Cristo e em todos os ensinamentos de nossa Doutrina, chegou a hora de abandonarmos a luta partidária e interesses pessoais e nos dedicarmos, como cristãos, à luta pelo amor.
    Seja Feliz! Sejamos felizes!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s